Comunicati Stampa

Press Releases

GRUPO KERAKOLL: premiado pela Legambiente, a mais importante associação italiana de protecção do ambiente, na categoria “Habitar sustentável”

15 de Dezembro de 2010

O reconhecimento diz respeito ao projecto do “Kerakoll GreenLab” e o empenho do Grupo no desenvolvimento de tecnologias verdes.

A 15 de Dezembro em Milão, a cerimónia de entrega.




O Grupo Kerakoll – o mais importante produtor mundial de materiais eco-compatíveis para construir respeitando o ambiente e o bem-estar habitacional, conquistou o Prémio de Inovação Amiga do Ambiente na categoria “Habitar sustentável”.

O Prémio – iniciativa desenvolvida pela Campanha SEE (Sustainable Energy Europe) – é um reconhecimento nacional e dirige-se às inovações de empresas no campo ambiental, que sejam orientadas para a sustentabilidade e que se tenham distinguido pela originalidade e potencial de desenvolvimento.

O âmbito a que se propõe é o de contribuir para a criação de um contexto favorável à investigação e à difusão de boas práticas orientadas para a sustentabilidade, valorizando as realidades que saibam alcançar o desafio de um respeito pelo ambiente cada vez maior, transformando-o numa oportunidade irrenunciável de desenvolvimento económico e social.

Confirmando o valor estratégico da iniciativa, o concurso – idealizado pela Legambiente, a mais importante associação italiana de protecção do ambiente – registou no decurso dos anos o apoio e a promoção por parte de Entidades, Associações e Sujeitos Institucionais de prestígio, unidos pela vontade comum de premiar as inovações mais merecedoras e de ampliar o desenvolvimento e a difusão de soluções de vanguarda do ponto de vista da eco-sustentabilidade, para melhorar a qualidade de vida respeitando o ambiente.

O tema e linha geral da edição de 2010 foi a reflexão sobre um dos maiores desafios para a sociedade contemporânea: a investigação e a elaboração de modelos de desenvolvimento realmente sustentáveis capazes de conciliar harmoniosamente a necessidade de preservar o capital natural, aumentando ao mesmo tempo a qualidade de vida de todos os habitantes do planeta.

Considerando que nos anos mais recentes se assistiu pela primeira vez na história à superação da população urbana sobre a rural, e que as cidades consumem mais de 70% de toda a energia e produzem 69% das emissões de CO2, nos dias de hoje o verdadeiro desafio ao nível global é o de projectar não apenas edifícios individuais, mas quarteirões e centros urbanos inteiros caracterizados por baixas emissões.

Do número recorde de 225 inovações em concurso este ano, foram avaliadas as mais merecedoras – de produto, de processo, de serviço, de sistema, tecnológicas e de gestão – num contexto de investigação que procura simultaneamente o bem-estar do Homem, a protecção do ambiente e a valorização do território, e foi premiada a excelência realizada nos sectores-guia desta nova tendência: “ciclo fechado de recursos e novos materiais”, “a fieira de energias renováveis”, “alimentar o planeta, energia para a vida” e “habitar sustentável”.

Aqui está o porquê da edição de 2010 ter feito emergir as excelências das novas construções. Para além dos novos quarteirões e dos edifícios individuais, foi dada atenção particular aos componentes, materiais e "novos" materiais, instalações, tecnologias e soluções, serviços e sistemas cujas inovações começam a ser aplicadas em Itália e no mundo e que asseguram aos edifícios uma elevada qualidade habitacional, e a respeito da sustentabilidade longo o inteiro ciclo de vida: poupança e utilização eficiente de recursos na fase de demolição e construção, utilização de materiais locais, recuperados e recicláveis, redução e recuperação de resíduos, redução da poluição acústica, poupança energética, de água e custos de gestão, menor consumo de solo e acções de recuperação ambiental.

Mais em particular, e projecto candidato do Grupo Kerakoll foi o “Kerakoll GreenLab” em Sassuolo, o novo e vanguardista Centro de Investigações que reagrupa 9 laboratórios avançados para o desenvolvimento de Green Technology.

A construção é realizada segundo os mais avançados critérios de eco-compatibilidade e no respeito pelo ambiente, prevê um investimento de cerca de 14 milhões de Euros e representa o primeiro edifício industrial em Itália construído integralmente com soluções eco-sustentáveis.

A realização do novo Centro de Investigações, cuja conclusão está prevista no segundo semestre de 2011, tornará operativa uma estrutura de vanguarda que será dotada dos equipamentos mais modernos, sobre uma superfície de 7.000 m2 e em que em pleno funcionamento trabalharão mais de 100 novos investigadores de bioconstrução que serão somados aos actuais 70.

Os novos laboratórios concentrarão todas as actividades de “Investigação & Desenvolvimento” do Grupo com ênfase particular nas tecnologias verdes. Já hoje os investimentos do Grupo em “green research” representam 100% dos investimentos totais em I&D, cerca de 5,4% da facturação anual, e traduzem-se numa melhoria constante dos produtos, em linha com os princípios do desenvolvimento eco-sustentável.

A 15 de Dezembro em Milão, no Auditório da Assimpredil Ance, realizou-se a cerimónia de entrega dos prémios para as inovações da categoria “Habitar sustentável”.

“Este prémio – comenta Gian Luca Sghedoni, Administrador Delegado da Kerakoll – é um reconhecimento importante do empenho do nosso Grupo no campo ambiental, tornado possível pela constante investigação orientada para a inovação sustentável. Cada produto é estudado para ter os melhores desempenhos técnicos da sua categoria, o menor impacto ambiental possível e os maiores benefícios para a saúde dos utilizadores, para projectar, construir e viver respeitando o ambiente e o bem-estar habitacional”.

A Kerakoll é líder mundial nos produtos e serviços para o GreenBuilding com mais de 1.700 referências eco-compatíveis e uma produção de 950.000 ton./ano para projectar, construir e viver no respeito pelo ambiente e o bem-estar habitacional. Em 2009, a Kerakoll realizou uma facturação de 325 milhões de Euros, dos quais cerca de 40% no exterior, 12 empresas operativas e 10 unidades produtivas.

A Kerakoll nasce em 1968 em Sassuolo, no coração da região cerâmica mundial mais importante, a partir da iniciativa empreendedora de Romano Sghedoni. O Grupo é guiado por Gian Luca Sghedoni – filho do fundador, vencedor nacional do prémio Ernst&Young “O Empreendedor do Ano 2008”, apoiado por um grupo dirigente que conjuga a experiência e a competência técnica com una abordagem inovadora e de forte liderança.



Sassuolo (Modena, Itália), 15 de Dezembro de 2010

 
 
   PRIVACY  -  AVISO LEGAL  - Contacto   

2008 - KERAKOLL - VAT 01174510360 - ALL RIGHTS RESERVED